bueiro, me abrace forte!

quarta-feira, 11 de maio de 2011

O amor resolveu tirar férias, preparou suas malas e partiu. Não se despediu, não deixou bilhete, simplesmente foi embora. Mas o amor não contava com seu destino: pegou a rota errada e agora está perdido, no meio do deserto, sem bebida e sem comida. Na areia já desenhou um S.O.S. e aos deuses já fez preces.

O amor sobrevive?

2 comentários:

.h disse...

Espero que morra.

Lígia disse...

Deixe que morra... que venha outro em seu lugar. :p