bueiro, me abrace forte!

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Veia saltando do braço e joguinhos psicológicos. Cerveja. Torpor. Cigarro. Torpor. Daria para escrever um romance.

Preguiça e desencanto não me deixam.

Nenhum comentário: