bueiro, me abrace forte!

sábado, 8 de janeiro de 2011

Quis pedir desculpas, me redimir por cada grosseria, cada sumiço sem propósito e cada ligação não retornada. Quis pedir desculpas pelo meu desequilíbrio emocional, minha canalhice, minha falta de paciência.

Mas preferi mandar tomar no cu, para me poupar de tantas desculpas.

Nenhum comentário: