bueiro, me abrace forte!

domingo, 9 de janeiro de 2011

Finjo o tempo todo, rio, sou alegre, dispersivo, com aquele brilho superficial e ridículo. E em cada fim de noite me sinto um lixo. 

|Caio Fernando Abreu|

Um comentário:

Karina Guimarães disse...

Adoooro Caio Fernando de Abreu!!