bueiro, me abrace forte!

terça-feira, 30 de novembro de 2010

a future that looks so bleak

Torna-se um hábito sentir-se sempre deslocada e incompatível. Costume esperar tudo desmoronar mais uma vez. Receber a pancada violenta e ranger os dentes apenas. Sentir vontade de voltar não se sabe de onde e assistir a felicidade passar sem acenar. As urgências surgindo sem que se perca o sono ou o apetite. As urgências soltando seus gritos desesperados e os ouvidos permanecendo indiferentes. Somente seguir em frente quando te empurram, principalmente, porque te empurram. Exagerar na bebida, no cigarro, no valium. Acordar de ressaca sem se lamentar.

Nenhum comentário: