bueiro, me abrace forte!

domingo, 22 de agosto de 2010

O bueiro entupiu. De vômito. Daqui para frente, acabou o mimimi e o blábláblá. Não serão permitidos palavrões. Caio e Clarice foram expulsos. Crises existenciais e dramas ordinários estão terminantemente proibidos. Metáforas, códigos e analogias foram banidos. Aqui não se fala mais de amor, cafeína, nicotina e álcool etílico. O tratamento da afefobia foi interrompido para sempre. O blog terá outro nome. Chega de tanta sombra. A Rogue já era. Ninguém mais abraça o bueiro e o garçom foi despedido - não insistam em fazer pedidos. De hoje em diante apenas assuntos relevantes serão tratados, com grande enfoque para geopolítica, fome na África, comércio exterior, ciências, saúde coletiva e tecnologia. Posts apenas semanais. Os benzodiazepínicos tiveram seu uso suspenso definitivamente. A partir de agora tudo será diferente e a boa qualidade virá em primeiro lugar.
Adeus, cachaça.



- ô piada!

Garçom, uma rodada pra geral. Coloque na minha conta por tamanha enganação.

2 comentários:

Luna disse...

HAHAHAHAHAHA, ADORO.

sabe que minha frase do fim de semana sempre foi "Hoje vou procurar um bueiro que me abraçe forte".

Jack disse...

Opaa! Por sua conta? ADOROOOOOOO!