bueiro, me abrace forte!

sábado, 19 de junho de 2010

da natureza



nada se perde, tudo se fode:
os filhos de deus
e os filhos de god

 Adelaide do Julinho

Nenhum comentário: