bueiro, me abrace forte!

domingo, 30 de maio de 2010

Revelação

Uma noite voltou do passeio diário aturdida pela revelação de que não só se podia ser feliz sem amor como também contra o amor.
|Gabriel García Márquez|

Nenhum comentário: