bueiro, me abrace forte!

terça-feira, 27 de abril de 2010

Sobre as nucas

- Qual parte do corpo você mais gosta?

- Da nuca.

- Da nuca? Como assim?

- Sei lá. Até hoje só soube amar as nucas, para que nunca me percebam. Assim o dono da nuca só sente um arrepio fantasma de quem está sendo observado. E só. Muito seguro.

- Coisa estranha. Você precisa de tratamento...

- Mas não há segurança quando me seguram pela nuca. Céus, eu derreto e me perco.

Nenhum comentário: