bueiro, me abrace forte!

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Raramente grito. Quando grito é um grito vermelho e esmeralda. Mas em geral eu sussurro. Falo baixinho para timidamente dizer. (...) Estou cansada: é por isso também que falo baixo - é para não me ofender.

Clarice Lispector

Nenhum comentário: