bueiro, me abrace forte!

sábado, 20 de março de 2010

Você se transformou nisso

Você estava tão seco que foi se desfazendo, se desfazendo. Fechei minha mão com toda força para não te deixar escapar e minhas unhas ficaram cravadas na palma. Você se transformou nisso: marcas vermelhas que não me alcançam as veias.

Nenhum comentário: