bueiro, me abrace forte!

quarta-feira, 10 de março de 2010

Funciona assim:


Quando começa, é quase amor.
Quando termina, é quase morte.