bueiro, me abrace forte!

quarta-feira, 3 de março de 2010


De repente, pareceu estar muito perto
mas quando eu estiquei a mão para tocar
só então eu percebi o quanto sempre esteve longe.

Nenhum comentário: