bueiro, me abrace forte!

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Não vejo o amor, descobriu acordando: desvio dele e caio de boca na rejeição.
 Caio Fernando Abreu

Nenhum comentário: