bueiro, me abrace forte!

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Carnaval de merda

Então era sábado de carnaval e, pela primeira vez, eu não quis reclamar, praguejar e ficar injuriada. Eu quis ir pra buatchy, beibe. Porque eu continuo sendo muito ingênua, porque eu acreditei que essa época poderia ser boa se eu estivesse disposta a dar uma chance. Eu tinha minhas opções: as baladas alternativas. Uma open bar, uma vip, uma GLS e uma super descoladinha. A open bar além de cara, era perigosa (uma turma de alcoólatras num open bar? NO); a vip sempre me traz certas recordações que eu prefiro dispensar ultimamente; a GLS botava medo na fração masculina do grupo. Sobrou a super descoladinha. No site, ela era magnífica. Não saia no carnaval, meu pai disse. Mas sou jovem e idiota, fui mesmo assim. Chegamos sóbrios, empolgados e muito cedo. Hora do esquenta. Algumas cervejas naquele calor infernal, algum tempo caminhando, mais algum tempo esperando e finalmente entramos. De tão descoladinho, o lugar tinha cheiro de mofo na entrada. De tão descoladinho, não havia quase ninguém lá. De tão descoladinho, as bebidas eram muito caras. De tão descoladinho, todos os caras tinham pinta de veado metido. De tão descoladinho, rolavam músicas tão alternativas que eu nem conhecia. De tão descoladinho, eu pedi uma música SUPIMPA para o DJ e ele não tocou. De tão descoladinho, eu me senti uma estranha no ninho. De tão descoladinho, eu fiquei de saco cheio. De tão descoladinho, meu amigo dormiu profundamente no sofá. De tão descoladinho, minha amiga foi pedida em namoro. De tão descoladinho, eu não tive vontade de dançar. De tão descoladinho, eu queria voltar para minha casa e dormir. De tão descoladinho, eu aprendi duas lições:

  1. Carnavais são, definitivamente, uma merda;
  2. Meu pai sabe disso.

    Um comentário:

    jaqueline disse...

    NUNCA SAIA NO CARNAVAL! ¬¬' principalmente se for pra lugares alternativos demais! Deveriamos ter escutado nossos pais! HAUSHUASHUASHA.. dj infotunio viado nem tocou minha musica! argh ¬¬'