bueiro, me abrace forte!

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Eu me perco nessas (im)possibilidades

Você me lê e minha vontade é te escrever desenfreadamente.

Então contenho meus dedos para que tudo não me escape e me denuncie.

Um comentário:

Alexandre disse...

Ótimo.
Tenho passado por isso ...