bueiro, me abrace forte!

sábado, 31 de outubro de 2009

Passei a ver graça na desgraça alheia quando a minha chegou ao ponto de assemelhar-se ao tédio.

Sádica eu, né! Felicidade me incomoda muito, gente.

Nenhum comentário: