bueiro, me abrace forte!

sábado, 17 de outubro de 2009


Não sei se em algum momento cheguei a ver você completamente como Outra Pessoa, ou, o tempo todo, como Uma Possibilidade de Resolver Minha Carência. Estou tentando ser honesto e limpo. Uma Possibilidade que eu precisava devorar ou destruir.
Caio Fernando Abreu

Nenhum comentário: