bueiro, me abrace forte!

sábado, 12 de setembro de 2009

Solidão, solidão minha.

Goste apenas de mim e me afague os cabelos. Conte uma história bonita que me faça sorrir. Ame meus pés, chupe o meu dedinho torto. Estrale meus dedos, me deixe também um pouco de dor. Sou meio masoquista às vezes, você sabe. Sente-se aqui do meu lado e me traga vodka. Procure um isqueiro e acenda meu cigarro. Diga que isso vai acabar com a minha vida, tome conta de mim. Cante algo do Cowboy Junkies. Só goste de mim. Só goste de mim.

Nenhum comentário: