bueiro, me abrace forte!

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Ela preparou brigadeiro de panela. Cantarolava ‘foda-se o mundo inteiro, eu to comendo brigadeiro’. Em minutos ela já vai se arrumar, fazer uma make up e bagunçar os cabelos, porque hoje ela vai se embriagar, até atingir o tão almejado coma alcoólico... O Prozac está em falta, então o jeito é se virar como dá. Improvisar e improvisar.

- Os sonhos dele eram os pesadelos dela. Mas se ela fecha os olhos fica incapacitada de imaginar sua vida sem ele.

Nenhum comentário: